O que aconteceu com o herói de Portugal Euro 2016, Eder, uma ex-estrela do Swansea City que sofreu uma tragédia

Portugal arranca hoje na Euro 2020 frente à Hungria.

Pode qualificar alguns, mas os portugueses são, na verdade, os atuais campeões europeus.

Em 2016, depois de derrotar o País de Gales nas semifinais, eles avançaram para a final contra a nação anfitriã, a França.

Após 90 minutos sem golos que os Bleus dominaram em França, Portugal precisava de heróis.

Atualize Cristiano Ronaldo… não.

Desta vez, não era ele. Com a final do jogador do Real Madrid terminando cedo devido a uma lesão, Ronaldo teve que jogar o jogo da linha lateral, organizar seus companheiros de equipe e empurrá-los para frente enquanto eles enfrentavam onda após onda de pressão francesa.

Então, aos 109 minutos, o substituto Eder – ele é do famoso Swansea City – pegou a bola, ignorou o desafio do capitão do Arsenal Laurent Koscielny e de 25 jardas acertou a bola na rede.

Ele não teria tido um chute melhor em sua vida, pois o chute foi parar no canto inferior do gol de Hugo Lloris. Seguiu-se o furor, Portugal aguentou-se e as lágrimas escorriam por todos os lados.

É uma história improvável, considerando o que aconteceu com Eder – nome completo Ederzito Antonio Macedo Lopes – antes.

Ele chegou à SA1 em 2015 por incríveis £ 5 milhões – tentador pelos padrões do atual orçamento de transferências do Swansea – no auge do sucesso da Premier League.

Contratado ao Braga, chegou em boa posição, mas depois de apenas 15 jogos no sul do País de Gales – e zero golos – foi expulso. Na verdade, essas estatísticas não contam a história completa. Na verdade, ele jogou apenas 421 minutos pelo clube e sua temporada foi marcada por uma lesão no tornozelo. Ele também foi premiado com apenas quatro partidas durante seu tempo na SA1.

Ele foi emprestado ao time francês Lille, onde redescobriu sua forma, com seis gols em 14 jogos suficientes para garantir um lugar na seleção portuguesa da Euro 2016, e o resto, como dizem, é história.

Após o torneio, ele garantiu uma transferência permanente para a Ligue 1, mas sua segunda temporada na França não foi tão bem-sucedida e foi bombardeado pelo técnico Marcelo Bielsa.

Ele foi emprestado ao Lokomotiv Moscou, onde está até hoje. Ele atuou em mais de 100 jogos por Moscou, marcando 14 gols no processo.

“Acho que minha carreira é uma história de superação de adversidades, a história de alguém que é capaz de acreditar em si mesmo”, disse ele no ano passado em um documentário para a ITV.

“Não apenas em alguns momentos do Campeonato Europeu, mas em muitos outros momentos da minha vida.”

Esses comentários entram em foco quando você descobre o que ele passou em sua vida. Nascido na Guiné-Bissau, desde muito cedo mudou-se para um melhor nível de vida.



Eder em ação pelo Swansea City contra o Bournemouth na Premier League

“Eu me mudei para Portugal quando tinha dois anos, então não me lembro de ter morado na Guiné-Bissau”, disse ele ao assinar pelo Swansea.

“A minha família mudou-se para Lisboa para podermos viver em melhores condições e ter uma melhor forma de vida.

“Meu pai já morava em Portugal, então me mudei com minha mãe.”

Depois de seu heroísmo por Portugal, as ações de Eder subiram e ele revelou um pouco mais sobre a história de sua família na televisão. Ele cresceu em uma pensão, acrescentou, algo que ele diz que o tornou uma pessoa mais arredondada.

“Eu realmente não cresci com minha família. Eu cresci em uma faculdade”, disse ele.

“Isso é muito bom para mim. Isso me ajudou a me tornar o homem que sou e ajudou minha carreira no futebol.

“Claro, às vezes é um pouco difícil, isso é normal, mas eu realmente gostei. Conheci muitos dos meus amigos lá e foi ótimo ter essa experiência de vida.”

E quando perguntado sobre seus pais, ela diz na época: “Meu pai está na prisão. Desde os meus 12 anos. Minha madrasta morreu e foi acusada de matá-la. Ele foi condenado a 16 anos, eu acho. ”

Várias histórias, mas felizmente foram suas ações em campo que o definiriam.

Será sempre lembrado por aquela noite em Paris, quando citou o seu empresário Fernando Santos “o patinho feio foi e marcou. Agora é um belo cisne”.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.