Portugal Air Summit traz show aéreo ao Alentejo

Com o tema “Voar para um Mundo de Oportunidades”, a Portugal Air Summit, cujo programa foi apresentado em Lisboa e é considerada a “maior cimeira aeronáutica” da Península Ibérica, vai reunir “intervenientes internacionais e nacionais da aviação, e defesa, que conta atualmente com um volume de negócios de 1,7 mil milhões de euros, dos quais 87 por cento dizem respeito às exportações para vários mercados internacionais, e conta com mais de 18.500 profissionais em Portugal”, segundo a organização.

Esta 6ª edição, uma iniciativa da Câmara de Ponte de Sor e da empresa The Race, com apoio institucional e empresarial, vai colocar um “foco especial” nas “oportunidades de investimento disponíveis” e apresentar novidades como desfiles e aterragens da SATA Airlines. Airbus 320.

“Queremos envolver cada vez mais parceiros que venham a Portugal com gosto e interesse para que as empresas portuguesas possam envolver-se em projetos internacionais. Temos uma área de negócios para que a empresa tenha oportunidades de internacionalização”, disse o CEO da The Race, Nuno Molarinho.

Esta edição inclui um programa com 70 painéis de conferências, com cerca de 200 oradores, dos quais 20 por cento são estrangeiros e cerca de 30 por cento são presidentes ou vice-presidentes de grandes empresas internacionais.

Show aéreo

“Teremos um projeto para apresentar e será novo. No dia 15, sábado temos o evento mais divertido do programa, o ‘air show’, mas este ano temos novidades. Teremos um Airbus 320 da SATA Airlines que vai aterrar primeiro no Alto Alentejo e lá ficará dois dias para que possa ser visitado e demonstrar a capacidade do aeroporto para receber este tipo de aeronaves”, disse o CEO da The Race.

Esta edição vai receber também, segundo Nuno Molarinho, um avião britânico, o Spitfire, como destaque do espetáculo.

O autarca de Ponte de Sor, Hugo Hilário, destacou a importância da Cimeira, o seu reconhecimento a nível nacional e internacional, a sua missão de atrair investimento e as dificuldades organizativas para municípios como Ponte de Sor.

“Atrair investimentos é a principal missão. Há muito que o cume cruza a fronteira entre o concelho de Ponte de Sor e a região do Alentejo”, disse.

Chico Braga

"Explorador. Organizador. Entusiasta de mídia social sem remorso. Fanático por TV amigável. Amante de café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *