Santos x Corinthians: oito torcedores estão confinados após ataque e animosidade contra Cássio na Vila

Jean Pierre Gonçalves Lima, árbitro da vitória do Santos por 1 a 0 sobre o Corinthians, na Vila Belmiro, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, detalhou no esquema que torcedores do Peixe jogaram bombas no gramado, referiu-se à hostilidade contra o goleiro Cássio após o término do jogo e anunciou que sete fãs foram capturados.

Em atualização, a Polícia Militar informou que oito torcedores foram detidos.

“Eu ilumino que a partida foi interrompida no momento 39 da última parte por causa da utilização de sinalizadores pelos torcedores santistas, ilumino ainda que bombas foram jogadas no campo, detonando na região de punição onde estava protegido pelo Corinthians, ficando assim 4 minutos com o jogo amortecido. No final do jogo, bombas foram lançadas mais uma vez no campo de jogo, onde foi encontrado o objetivo protegido pelo grupo Corinthians, e em todo caso, tendo o ataque de campo pela torcida santista”, anunciou o árbitro.

A partir daí, Jean Pierre se refere à hostilidade contra Cássio e aos episódios que se seguiram: “Um desses torcedores descobriu como ir atrás do competidor do Corinthians, o senhor Cássio Ramos, número 12, com um chute na perna. A Polícia Militar O grupo corinthiano precisava sair de campo com pressa. O grupo de arbitragem não soube imaginar animosidades diferentes. Foi informado pelo representante da partida, Sr. Wilson Roberto Santoro, que sete torcedores que atacaram o campo foram guardados e despachados para fora do Jecrim, porém até o final deste esboço, nenhum número de registro policial foi educado”, compôs.
uma
Santos pode ser rechaçado no STJD pelas bombas, pelos ataques e pela animosidade contra Cássio.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *