Sports Digest: Norfolk marca dois gols rápidos para vencer o Maine Mariners

HOCKEY NO GELO

Os Norfolk Admirals marcaram dois gols com menos de um minuto de diferença no segundo período a caminho da vitória por 3 a 1 sobre o Maine Mariners em um jogo da ECHL na sexta-feira em Norfolk, Virgínia.

O Maine abriu 1 a 0 quando Tim Doherty marcou no início do segundo período de Nick Jermain. Norfolk respondeu no final do tempo com gols de Aidan Brown e Tag Bertuzzi para abrir a vantagem de 2 a 1.

Eric Cooley adicionou um gol vazio para Norfolk.

CORRIDA DE MOTORES

SÉRIE DA COPA NASCAR: Alex Bowman retornará ao final da temporada da NASCAR depois de perder cinco corridas com uma concussão sofrida em um acidente no novo carro de última geração.

A Hendrick Motorsports disse que Bowman estará de volta ao Chevrolet nº 48 no próximo fim de semana em Phoenix Raceway, sua pista de origem. A equipe disse que o nativo de Tucson estava morto após um exame feito pelo Dr. Micky Collins, diretor clínico do programa de concussão de medicina esportiva da Universidade de Pittsburgh Medical Center, foi medicamente liberado para retornar.

Bowman sofreu sua concussão em um acidente em 25 de setembro no Texas Motor Speedway. A lesão o tirou dos playoffs.

FÓRMULA UM: O órgão regulador da Fórmula 1 ordenou que a Red Bull pague uma multa de US$ 7 milhões e perca o tempo do túnel de vento como punição por exceder o limite de custos de 2021 em US$ 1,8 milhão durante a primeira temporada do campeonato de Max Verstappen.

As penalidades anunciadas no Grande Prêmio da Cidade do México provavelmente não agradarão aos rivais da Red Bull, muitos dos quais pediram penalidades severas, desde a perda do título do ano passado para Verstappen até o corte de futuras edições da Red Bull e qualquer punição que prejudique o equipe na competição.

A Red Bull já conquistou um segundo título de F1 com Verstappen e o Campeonato de Construtores com três corridas restantes nesta temporada.

TÊNIS

SUÍÇO INTERIOR: Carlos Alcaraz, o melhor cabeça de série, enfrenta o número 9 Felix Auger-Aliassime nas semifinais em Basileia, na Suíça, depois de ambos terem avançado em dois sets.

Alcaraz, que venceu o US Open no mês passado, conquistou uma vitória por 6-3 e 6-4 sobre o compatriota Pablo Carreno Busta com um serviço vencedor.

Auger-Aliassime acertou 31 vitórias e cometeu apenas quatro erros não forçados na vitória por 6-2 e 6-3 sobre Alexander Bublik.

Um segundo jovem de 19 anos, Holger Rune, conquistou seu lugar nas semifinais ao derrotar Arthur Rinderknech por 7-6 (0), 6-2. O 25º Rune está buscando títulos consecutivos após a vitória do último fim de semana em Estocolmo.

GOLFE

PASSEIO PGA: Ben Crane aproveitou uma rara largada no PGA Tour com seu pior resultado em 10 anos, um 9 abaixo de 62, o que lhe deu uma vantagem de um tiro quando se dirigiu para o fim de semana do Butterfield Bermuda Championship em Southhampton, Bermudas.

A última vitória de Crane foi no Campeonato FedEx St. Jude de 2014, antes de ser um Campeonato Mundial de Golfe ou um evento FedEx Cup Playoff. Ele não lidera depois de uma rodada desde o verão de 2017.

Crane, que tinha 14 abaixo de 128, jogou ao lado do bom amigo Aaron Baddeley, que tinha 64 e estava entre os que arremessavam da liderança.

Também um golpe atrás estavam Austin Smotherman, que empatou por 67 até um bogey de três putts no final, Adam Schenk (66), Robby Shelton (66) e Ben Griffin (64).

Seamus Power of Ireland, o jogador mais bem classificado em campo no número 48, tinha outros 65 e estava dois tiros atrás.

PASSEIO EUROPEU: Gavin Green juntou-se a Jordan Smith como co-líder do Portugal Masters depois que o golfista malaio conseguiu uma pontuação de 6 abaixo de 65 na segunda rodada em Vilamoura, Portugal.

Green fez sete birdies com um bogey no Dom Pedro Victoria Golf Course. Smith, o líder da noite, acertou 67 depois de liderar o pelotão na quinta-feira com 62, apesar de se sentir mal.

Smith fez dois bogeys e seis birdies, incluindo nos buracos 17 e 18, para garantir que ele permanecesse no topo da tabela de classificação.

CACHOS

CURLING DOS EUA: O chefe da organização que administra o curling olímpico nos Estados Unidos renunciou depois que uma investigação descobriu que ele não respondeu às alegações de abuso sexual e outros assédios como comissário de uma liga feminina de futebol.

A USA Curling disse que aceitou a renúncia do CEO Jeff Plush e nomeou Dean Gemmell, que mais recentemente atuou como diretor de desenvolvimento da federação, como CEO interino.


Use o formulário abaixo para redefinir sua senha. Se você enviou o e-mail da sua conta, nós lhe enviaremos um e-mail com um código de redefinição.

Aleixo Garcia

"Empreendedor. Fã de cultura pop ao longo da vida. Analista. Praticante de café. Aficionado extremo da internet. Estudioso de TV freelance."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *