Portugal Imperdível: Ginjinha – The Portugal News

Uma combinação de aguardente (também conhecida como água de fogo), cerejas Morello (azedas) locais, açúcar e às vezes especiarias, a ginjinha vermelha rubi é uma daquelas bebidas “apenas profundas”. Neste caso, só encontrará ginjinha em Portugal.

É onipresente, forte e doce, amado pela maioria dos portugueses e apreciado por moradores e turistas. Acredita-se que Portugal produza mais de 150.000 litros de ginjinha por ano. Quase 10 por cento, que é exportado para os EUA, é consumido em Portugal!

Embora disponível em quiosques e cafés por Lisboa, a pequena A Ginjinha, uma operação familiar desde 1840, gerida pela quinta geração, é onde você verá jovens e velhos reunidos ao ar livre com copinhos cheios da mistura doce e pegajosa. Do outro lado da rua está a Ginjinha Sem Rival, que abriu em 1890, tão pequena e deliciosa quanto.

Onde quer que você beba sua ginja, você será confrontado com uma decisão, elas ou sem elas. Com ou sem cerejas maceradas bêbadas (cuidado, elas têm buracos). Despejar licor e despejar cerejas em um copo é algo para se ver, até mesmo uma arte. Atenção!

Um pouco a norte de Lisboa, onde crescem morellos, fica o bido, famoso pela sua ginjinha. Lá você tem que decidir se quer sua ginja servida em um copo de chocolate ou não. Se respondeu sim, beba para que o chocolate não derreta.

Em Alcobaça, local de sepultamento dos portugueses Romeu e Julieta (Pedro e Inês), encontra-se o Licor Ginja MSR. Lá eles colhem o seu próprio jardim de morello e a sua produção anual depende do rendimento.

A região montanhosa da Serra Estrela produz reservas de ginjinha, envelhecida dois anos em barricas de carvalho francês anteriormente usadas para envelhecido whisky escocês e vinho do Douro.

E ao passear pelos paralelepípedos da antiga Alfama, pare e brinque com a Vovó Ginja: velhinhas que fazem a sua própria ginjinha e vendem shots à porta. Por um euro e alguns centavos, esta é uma experiência que você nunca esquecerá. Saudade!

Pratique Gin-Ginjinha Fizz Português

Este delicioso sipper de verão é o parceiro perfeito para desfrutar de uma tarde ou de um pôr-do-sol deslumbrante num dos miradouros deslumbrantes de Portugal.

  • 2 onças de gim
  • 1 onça de suco de limão fresco
  • onça de ginjinha
  • 1 clara de ovo
  • xarope simples ou 1 colher de chá de açúcar (adoçante a gosto)
  • Água com gás
  • Gelo

Adicione todos os ingredientes na coqueteleira, exceto a água com gás e o gelo. Cubra bem e bata bem para que as claras fiquem espumosas. Abra com cuidado e adicione gelo. Agite novamente para esfriar a bebida. Coe em um copo de gelo fresco. Polvilhe com um pouco de água com gás e decore com cerejas sem caroço e/ou raspas de laranja em fatias finas.

Desfrute de Portugal celebrando o estilo de vida através da comida: a sua autêntica cozinha portuguesa. Esta revista de comida e cultura em língua inglesa para os amantes de portugueses em todos os lugares é uma publicação online premiada trimestralmente. Sente-se com luminares da gastronomia portuguesa e artesãos de renome, descubra cidades e sabores tradicionais portugueses, descubra receitas (portuguesas e outras) que pode fazer em casa e desfrute das nossas reportagens e entrevistas envolventes. Subscreva e desfrute da riqueza de Portugal: relishportugal.com.

Fernão Teixeira

"Criador. Totalmente nerd de comida. Aspirante a entusiasta de mídia social. Especialista em Twitter. Guru de TV certificado. Propenso a ataques de apatia."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.